18.09.2018 | 19h15

O ‘pecado’ do prefeito do PSB de apoiar Bolsonaro

O PSB decidiu punir com expulsão o prefeito de Chapecó (SC), Luciano Buligon, por apoio a Jair Bolsonaro. O presidente do partido, Carlos Siqueira, disse em nota que seus correlegionários já estavam avisados que estavam liberados para apoiar candidaturas de centro-esquerda (sem nenhuma restrição com aliados envolvidos em casos de corrupção), mas que em hipótese nenhuma poderiam ficar ao lado do candidato do PSL.

Documento



VOLTAR PARA O ESTADÃO