07.02.2019 | 20h43

Prefeito de Vitória interdita parte da Vale

O prefeito de Vitória, Luciano Rezende, anunciou em seu Facebook que interditou parte de um pátio da Vale no Complexo de Tubarão. Segundo Rezende, o motivo seria emissão de poluentes. A empresa seria responsável por uma bacia com calcário, carvão e outros minérios que estariam vazando para o mar. A Vale também foi multada em R$ 35 milhões, segundo o prefeito. Ao lado de seus secretários, ele ainda disse que novas sanções podem ocorrer caso a empresa continue a desrespeitar determinações ambientais do município.


VOLTAR PARA O ESTADÃO