19.11.2018 | 13h01

Precisa organizar o Congresso

Em 2019, o governo de Jair Bolsonaro terá de conviver com um Congresso muito renovado e fragmentado. Esse novo perfil tende a levar a uma espécie de dispersão nas pautas, com cada grupo tentando empurrar a agenda de discussões e votações para a direção que mais lhes convêm.

Para evitar que muita coisa seja tratada e nada seja votado, o futuro governo vai precisar justamente afinar sua coordenação política para que esta ponte seja construída. Só que, hoje, ela não existe. Não se sabe quem serão os futuros líderes da bancada governista e o presidente eleito, aparentemente, tem evitado se meter na disputa pelo comando da Câmara e do Senado. Se continuar distante desse processo, poderá perder um tempo importante na tentativa de aprovar propostas do seu interesse. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

CongressoBolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO