22.08.2018 | 14h31

Posição do ‘candidato analógico’

A previsão do cientista político Murillo de Aragão, da Arko Advice, é de que vai dar Fernando Haddad e Jair Bolsonaro no segundo turno das eleições de outubro, com possibilidade menor de Geraldo Alckmin estar no páreo caso o eleitor decida pelo voto útil.

“Ele (Alckmin) tem fundamentos fortes, tem história para mostrar, mas que nunca soube mostrar. Ele é um candidato analógico e a sociedade é digital”, afirmou ele em evento do setor do aço em São Paulo nesta quarta, 22.


VOLTAR PARA O ESTADÃO