23.07.2018 | 09h11

‘Populistas destroem a democracia’

Autor do livro Como as democracias morrem (Ed. Zahar), o cientista político Steven Levitsky fala dos riscos de governos autoritários ao sistema político democrático. Em entrevista ao Estadão, ele apresenta um diagnóstico da democracia brasileira e sua tese sobre o populismo:

“Na maioria das vezes – Chávez em Venezuela, Correa no Equador e outros – as pessoas votaram em populistas que, em algum momento quando ascendem ao poder, destroem a democracia em algum nível. Isso é efeito da eleição de um populista”, afirma.


Mais conteúdo sobre:

Steven LevitskyJair Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO