23.07.2018 | 14h56

Plano de governo é ‘passaporte’ para Haddad

Falar sobre o programa de governo do PT é o “passaporte” para Fernando Haddad ir vestindo, aos poucos, o figurino de candidato do partido à Presidência, o que poderá ser definido quando e se a Justiça Eleitoral apontar a inelegibilidade de Lula.

O ex-prefeito de São Paulo concedeu entrevista sobre o tema ao Valor, de que tratamos mais cedo. Petistas de São Paulo admitem que, a despeito das tentativas de José Dirceu de ainda cacifar Jaques Wagner, o mais provável é que Haddad assuma a incumbência, da qual o baiano tem tentado se desvencilhar. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO