21.03.2018 | 14h12

Planalto vê recuo de ação beligerante de Barroso

O Palácio do Planalto enxerga um recuo na postura beligerante adotada pelo ministro Luís Barroso, do STF, em relação a Michel Temer. A avaliação é que as críticas que recebeu por ações como a quebra de sigilo bancário de Temer e a “reedição” do decreto do indulto natalino –criticadas inclusive por constitucionalistas sem nenhuma relação com o governo– levaram o ministro a submergir. /V.M.


Mais conteúdo sobre:

STFgoverno temerluis barroso
VOLTAR PARA O ESTADÃO