02.01.2019 | 17h09

Pilares de Bolsonaro traçam metas ambiciosas

Os dois principais pilares do governo de Jair Bolsonaro traçaram metas ambiciosas em seus discursos na assunção dos superministérios que vão comandar. Sérgio Moro e Paulo Guedes não detalharam medidas específicas, mas delinearam os grandes objetivos que vão perseguir e os princípios que vão nortear o trabalho das equipes que comandarão.

Foi um início auspicioso dos dois principais esteios do governo, que mesclaram frases fortes a diagnóstico claro daquilo que precisa ser mudado no combate à corrupção e à criminalidade, na pasta de Moro, e ao desajuste fiscal, no de Guedes. São justamente as áreas em que o PT promoveu a terra arrasada, e aquelas em que ações claras devem tratar de varrer o legado nefasto petista, sem necessidade de recorrer a toda hora à retórica ideológica com viés propagandístico. A maior chance de sucesso do governo Bolsonaro reside em darem certo as ações desses dois ministros. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO