07.07.2018 | 09h16

PGR quer quebra de sigilo de Perillo

Atual coordenador político da campanha de Geraldo Alckmin, o ex-governador de Goiás Marconi Perillo está na mira da Procuradoria-Geral da República. Como relata o Estadão, o órgão pediu ao STJ a quebra de sigilo do tucano, de seu ex-tesoureiro e de dois delatores da Odebrecht. Perillo foi citado em delações de executivos da empresa por suposto repasse de propina durante campanhas eleitorais.


Mais conteúdo sobre:

Marconi PerilloPSDBOdebrecht
VOLTAR PARA O ESTADÃO