17.03.2018 | 20h03

PGR quer detalhes sobre encontros de Aécio e Odebrecht

A procuradora-geral da República Raquel Dodge quer que a Polícia Federal procure indícios e registros de encontros entre Aécio Neves e Marcelo Odebrecht. Para isso, Dodge pediu prorrogação de 60 dias do prazo do inquérito que investiga o senador tucano por supostas propinas de R$ 50 milhões da Odebrecht e da Andrade Gutierrez, informa o Blog do Fausto.

Anteriormente, o batalhão que faz a guarda do palácio do governo de Minas já informou que não tem os registros de entrada e saída do local referentes a 2008, quando os encontros teriam ocorrido.


Mais conteúdo sobre:

Aécio NevesRaquel DodgePGROdebrecht
VOLTAR PARA O ESTADÃO