13.07.2018 | 20h44

PGR defende ‘imparcialidade’ de Moro

A Procuradoria-Geral da República saiu em defesa de Sérgio Moro. O órgão defendeu no STJ a “imparcialidade” do juiz ao julgar o ex-presidente Lula no caso do sítio de Atibaia. A defesa foi feita no âmbito de um pedido dos advogados do petista, que considera que Moro é parcial e tenta retirar o caso das mãos do juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba.

“Assim, inviável a declaração de nulidade de todos os atos praticados no curso da ação penal processada e julgada pelo Juízo Criminal Federal de Curitiba, que se manteve imparcial durante toda a marcha processual”, afirma o subprocurador-geral da República, Nívio de Freitas Silva Filho, segundo informações do Blog do Fausto.


VOLTAR PARA O ESTADÃO