14.04.2018 | 08h46

PF acessa o Banco de Propinas

My Web Day e Drousys são softwares desenvolvidos pela Odebrecht para gerenciar a contabilidade das propinas das empresas do grupo. Antes acessados apenas pelo Ministério Público Federal, passarão agora à disposição da Polícia Federal, informa o Estadão neste sábado, 14.

A permissão dada por Fachin pode iluminar o obscuro caminho do dinheiro em tese a favor de políticos com foro privilegiado, mas não ser suficiente para produzir provas contra eles, já que as apurações têm conseguido chegar aos operadores e não aos políticos.


Mais conteúdo sobre:

Edson FachinPolícia Federal
VOLTAR PARA O ESTADÃO