28.05.2018 | 09h38

Petroleiros querem demissão de Parente

Com greve marcada para quarta-feira, 30, os petroleiros pedem a demissão do presidente da Petrobrás.

O Estadão informa que o grupo tem uma lista de cinco reivindicações: redução dos preços dos combustíveis e do gás de cozinha; manutenção de empregos e retomada da produção interna de combustíveis; fim da importação de derivados de petróleo; desmobilização do programa de venda de ativos promovido pela atual gestão da estatal, além da demissão de Parente.


VOLTAR PARA O ESTADÃO