16.07.2018 | 08h04

Pertence quer deixar defesa de Lula

O ex-ministro do STF Sepúlveda Pertence pediu para deixar a defesa do ex-presidente Lula. A decisão de se afastar da banca de advogados foi comunicada por ele em carta enviada ao petista na sexta-feira, segundo reportagem do Globo, e se deve a divergências com os outros profissionais que integram a defesa. A carta foi levada por Evandro Pertence a Lula, que disse que não aceitará o afastamento do ex-ministro, de quem é amigo há 40 anos.


VOLTAR PARA O ESTADÃO