08.11.2018 | 16h17

‘Perdi, mas saio pela porta da frente’

O senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), um dos 16 –e o único de seu partido– que votaram contra o reajuste dos ministros do Supremo, diz que os políticos não entenderam nada com o recado dado pelas urnas. “Falo com muita tranquilidade, porque não fui reeleito. Perdi a eleição, mas vou sair pela mesma porta da frente pela qual entrei. Tem muita gente que vai sair pela porta dos fundos”, diz, numa referência aos que aprovaram a medida.

Ferraço era o relator do reajuste na Comissão de Assuntos Econômicos, até o presidente da Casa, Eunício Oliveira (MDB-CE), tirar o projeto de lá e levá-lo às pressas ao plenário, para uma votação-relâmpago. Ele diz que o reajuste fere a Lei de Responsabilidade Fiscal e a emenda do teto de gastos. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO