06.02.2019 | 14h28

Pela ‘vida’, deputado quer proibir uso do DIU

O deputado federal Márcio Labre (PSL-RJ) apresentou seu projeto de lei na Câmara dos Deputados que proíbe o comércio, propaganda, distribuição e doação de qualquer “microabortivo”, por ele definido como “DIU, a pílula só de progestógeno (minipílula), o implante subcutâneo de liberação de progestógeno (Norpant), a pílula do dia seguinte, a pílula RU 486 e a vacina anti-HCG”.

“O presente projeto tem por finalidade (…) fazer valer, na prática, a inviolabilidade do direito à vida assegurada pela Constituição Federal (art. 5º – caput), inviolabilidade que existe desde a concepção, antes mesmo da nidação ou implantação no útero”, justifica.


Mais conteúdo sobre:

Márcio LabrePSL
VOLTAR PARA O ESTADÃO