11.09.2018 | 13h16

Pegar ou largar

“A não ser que o PT adote definitivamente uma postura suicida, as atenções e os holofotes vão se deslocar a partir desta terça-feira, 11, do ex-presidente Lula, que representa o passado, para o candidato Fernando Haddad, que acena com o futuro. Não se trata apenas da lei da política, mas da própria lei da vida”, escreveu a colunista Eliane Cantanhêde no Estadão.

A articulista analisa que esta terça-feira, 11, é mais um “Dia D” para o PT. Hora de pegar ou largar a campanha.


VOLTAR PARA O ESTADÃO