27.10.2018 | 08h19

Pedido de cassação do registro de Haddad

A campanha de Jair Bolsonaro pediu que o TSE casse o registro da candidatura de Fernando Haddad por entender que o artista Roger Waters, um dos fundadores da cultuada banda Pink Floyd, fez “showmício” a favor do petista durante sua turnê pelo Brasil, informa o Estadão.

O pedido de investigação de Bolsonaro também mira na T4F Entretenimento, que promove a turnê do artista. O objetivo da ação é também declarar Haddad e sua candidata a vice, Manuela D’Ávila (PCdoB), inelegíveis por um período de oito anos.


VOLTAR PARA O ESTADÃO