10.10.2018 | 18h35

PDT e Haddad juntos

O PDT oficializou nesta tarde de quarta, 10, seu “apoio crítico” à candidatura de Fernando Haddad contra Jair Bolsonaro no segundo turno da eleição. De acordo com o presidente Carlos Lupi, ninguém da direção do partido vai participar efetivamente da campanha petista ou ter algum cargo no governo Haddad, caso ele seja o vencedor do pleito.

A postura “crítica” se refere à manobra de Lula em favor do apoio do PSB ao PT que prejudicou a campanha de Ciro Gomes.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO