17.10.2018 | 19h47

Pazzianotto: ‘O fim do PT como força política’

O advogado Almir Pazzianotto Pinto, ex-ministro do Trabalho e ex-presidente do TST, afirma, em artigo publicado no Estadão nesta quarta-feira, 17, que “o segundo turno deverá determinar o fim do PT como força política”, com a derrota da chapa Fernando Haddad-Manuela D’Ávila.

“Aos brasileiros respeitáveis não restará alternativa senão derrotá-lo, ainda que o remédio a alguns possa parecer amargo”, diz. “Diante da urna eletrônica não nos esqueçamos de que o PT nunca se alinhou com países democráticos. As alianças que perpetrou foram com a Cuba de Fidel Castro, a Venezuela de Hugo Chávez e Nicolás Maduro, a Bolívia de Evo Morales e ditaduras africanas corruptas.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO