11.07.2018 | 10h16

Pautas prioritárias ficam para 2019

Assuntos econômicos de interesse do governo podem ficar para o ano que vem no Congresso. Segundo calcula O Globo, a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias nesta quarta vai antecipar as férias dos parlamentares que, depois de agosto, estarão focados nas eleições. Portanto, temas como a cessão onerosa da Petrobrás e o distrato de imóveis, considerados prioritários, correm o risco de ficar para 2019.


VOLTAR PARA O ESTADÃO