13.02.2019 | 07h34

Pauta de costumes na mira dos evangélicos

Em meio a vários focos de tensão nas relações entre Judiciário e Legislativo, a bancada evangélica pediu ao presidente do STF, Dias Toffoli, que a corte adiasse o julgamento de ações que tentam compelir o Congresso a votar projetos de lei que criminalizam a homofobia, marcado para esta quarta-feira. Toffoli manteve os temas em pauta, o que pode reacender a crise entre os Poderes momentaneamente debelada com o arquivamento da CPI da Lava Toga.

Enquanto isso, ainda na pauta dos costumes, o Senado desarquivou a chamada PEC da Vida, que proíbe o aborto em qualquer circunstância –entendimento que vai na contramão de decisões recentes do Supremo, como a dada no caso dos anencéfalos. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO