16.03.2019 | 15h21

Paulo Preto vai para cela feminina ‘ociosa’

A PF atendeu a um pedido da defesa e o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, será transferido para uma cela individual, que está “ociosa” e  é normalmente usada por “presos femininos”. A defesa do operador do PSDB relatou ao juiz Luiz Antonio Bonat, novo magistrado da Lava Jato que ele estava em uma cela de nove metros quadrados, com outros 11 presos, na Superintendência da PF, em Curitiba, e pediu a transferência para o Complexo Médico Penal, em Pinhais.

Os advogados do ex-diretor ressaltaram que na mesma cela havia “presos acusados de toda sorte de crimes (inclusive hediondos), em local absolutamente insalubre, onde não é possível nem mesmo sentar ou deitar durante todo o dia e/ou noite”. Paulo Preto foi preso em fevereiro pela Lava Jato do Paraná, informou o Estadão.


Mais conteúdo sobre:

paulo pretocelatransferido
VOLTAR PARA O ESTADÃO