26.02.2019 | 15h14

Parlamentares querem que governo pare de ‘satanizar’ os políticos

Na conversa que os líderes partidários terão hoje com Jair Bolsonaro, os líderes aliados esperam ouvir que o presidente está disposto a “fazer política” em vez de “satanizar os políticos”. Segundo o líder de um dos partidos do chamado Centrão, se Bolsonaro vier apenas com a conversa de que deseja apoio para a reforma da Previdência e que “ainda é um deles”, se referindo ao tempo em que foi parlamentar, o governo não vai chegar a lugar nenhum.

Em português claro, os deputados querem poder participar do governo, seja com cargos ou recebendo liberações de recursos para atender suas bases. Para esses parlamentares, não se trata de fazer toma lá, dá cá, mas sim de também atender legitimamente os interesses dos eleitores que os mandaram para o Congresso. Há uma queixa, em especial, que os pedidos dos deputados são tratados como fisiologismo, enquanto ministros e aliados do governo nomeiam e liberam recursos sem serem vilanizados. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

BolsonaroCongresso
VOLTAR PARA O ESTADÃO