26.04.2019 | 19h05

Para Romário, filosofia e sociologia são ‘fundamentais’

O senador Romário (Pode-RJ) deu parecer favorável ao projeto de iniciativa popular que inclui a filosofia e sociologia como disciplinas obrigatórias no ensino médio. Com relatoria do parlamentar, a sugestão do cidadão Ricardo Reiter, do Rio Grande do Sul, passará a tramitar, a partir de agora, como projeto de lei pelas comissões do Senado. “Além do desenvolvimento intelectual de cada um, essas disciplinas são fundamentais para que o cidadão possa exercer sua cidadania, seja na hora do voto, na faculdade, ou em qualquer âmbito de sua vida social”, escreveu o senador em rede social.

Sobre a possibilidade de redução do orçamento universitário para as duas áreas, anunciada pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, e apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro, Romário diz acreditar “que reduzir o investimento dessas disciplinas no ensino superior, esteja indo na contramão do que desejam muitos cidadãos brasileiros”, segundo afirmou ao BR18.


Mais conteúdo sobre:

Romáriofilosofiasociologia
VOLTAR PARA O ESTADÃO