06.08.2018 | 08h25

Para que servem os debates

No primeiro turno, “debates consolidam preferência: é uma pregação para os convertidos. Não arrebanham novos fiéis”, afirmam os pesquisadores em ciência política Lucio Rennó André Bello Ryan Lloyd, com base no Estudo de Painel Eleitoral Brasileiro (EPEB) de 2014.

Na Folha, os três explicam que o poder de conquista de novos eleitores durante os debates é maior no segundo turno, mas o impacto ainda é pequeno, pois a maioria dos espectadores já tem preferência consolidada e não mudam de ideia após os programas. Os pesquisadores propõem a análise de outros formatos para expor as capacidades dos candidatos.


VOLTAR PARA O ESTADÃO