02.09.2018 | 14h33

Para Ciro, Haddad seria teste de ‘laboratório’

Apesar de apoiá-lo em 2016, Ciro Gomes destilou desprezo pelo provável candidato à Presidência pelo PT, Fernando Haddad, seu adversário direto na disputa. “A gente precisa ter um pouquinho de responsabilidade para saber que o Brasil não é um laboratório; o Brasil não aguenta mais experiências. A Dilma, afinal de contas, começa esse desastre que nós estamos vivenciando no País”, disse o candidato do PDT em Jundiaí, informa Daniel Weterman, do Broadcast Político.


VOLTAR PARA O ESTADÃO