31.08.2018 | 19h46

Para Barroso, Lula não poderá fazer campanha

Após indeferir o registro de Lula como candidato à Presidência da República, o ministro Luís Roberto Barroso falou das consequências da decisão. Para o relator, o petista não poderá participar de atos de campanha (o que já seria difícil, já que ele continua preso em Curitiba), nem fazer propaganda no horário eleitoral no rádio e na televisão.


Mais conteúdo sobre:

LulaTSELuís Roberto Barroso
VOLTAR PARA O ESTADÃO