06.04.2018 | 21h27

Para aliados de Doria, Alckmin não faz falta

Gestos e afagos recentes de Geraldo Alckmin a Márcio França,  hoje governador de São Paulo, geraram desconforto no entorno de João Doria. O prefeito não foi à cerimônia de posse de França. Enquanto, de um lado, os sinais são de que Alckmin prefere França como governador, de outro, auxiliares de Doria dizem que este não precisa do padrinho para ganhar as eleições.

Ainda há o fator Saulo de Castro, homem forte de Alckmin, que deve continuar no governo de França, segundo relata Pedro Venceslau, do Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO