11.04.2018 | 16h40

Para Alckmin, inquérito é de ‘natureza eleitoral’

Como adiantado por Vera Magalhães, Geraldo Alckmin disse nesta quarta-feira, 11, que as acusações de delatores da Odebrecht contra ele, em inquérito aberto pelo Ministério Público Federal, são de “natureza eleitoral” e “não tem nenhuma procedência”.

Ele quer levar o caso para o TRE porque se trata de acusação de que ele teria recebido recursos de campanha da empreiteira por intermédio do cunhado Adhemar Ribeiro, pelo caixa 2, para as campanhas de 2010 e 2014. Na Justiça Eleitoral de primeira instância, a prescrição é rápida e as penas, curtas.

Veja também:
MPF quer caso Alckmin em SP já
Alckmin vê ‘açodamento’ da Procuradoria

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO