03.10.2018 | 10h15

Palocci mune adversários

A divulgação da delação do ex-ministro Antonio Palocci, às vésperas do primeiro turno das eleições, deu munição aos adversários do petista Fernando Haddad, segundo o Estadão.

Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou que a delação terá impacto sobre a eleição. “Vamos aguardar a Justiça. O que o brasileiro quer é uma Justiça e uma polícia independentes”, disse ele. Na propaganda eleitoral desta terça-feira, Alckmin destacou logo na abertura, trechos da delação de Palocci, na tentativa de atrair o eleitor antipetista e também os indecisos.


VOLTAR PARA O ESTADÃO