25.11.2018 | 20h02

Palocci em prisão domiciliar?

Na quarta-feira, 28, a 8.ª Turma Penal ndo TRF-4 , em Porto Alegre, deverá termina de julgar o pedido de revisão da pena de do ex-ministro Antonio Palocci, que pode resultar na concessão do benefício para que ele deixe a prisão e cumpra o resto da pena em casa, em regime semiaberto, sob monitoramento. De acordo com o Blog do Fausto, do Estadão, o relator da Lava Jato, desembargador João Pedro Gebran Neto, votou pela redução da pena e concessão do benefício, na primeira parte do julgamento, em 24 de outubro.

A delação premiada de Palocci tem 18 termos de depoimento que fornecem dados para cinco frentes distintas de investigação da Polícia Federal, em Curitiba, no âmbito da Lava Jato. Um segundo pacote de termos aguarda homologação no Supremo Tribunal Federal (STF) e embasam investigações de alvos com foro privilegiado, em Brasília. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO