01.10.2018 | 17h22

Palocci e a venda de 90% das MPs do PT

Em mais um trecho da delação premiada de Antonio Palocci, revelada nesta segunda-feira, 1, após o juiz Sérgio Moro tornar público o Termo de Colaboração 1, o ex-ministro afirma que “das mil medidas provisórias editadas nos quatro governos do PT, em pelo menos novecentas houve tradução de emendas exóticas em propina”, como mostra o Blog do Fausto.

“A prática de venda de emendas se tornou corriqueira, particularmente na venda de emendas parlamentares para medidas provisórias vindas dos governos, casos em que algumas MPs já contam com algum tipo de vício destinado a atender financiadores específicos e saem da Congresso Nacional com a extensão do benefício ilícito a diversos outros grupos privados”, afirmou Palocci em sua delação.


VOLTAR PARA O ESTADÃO