05.04.2018 | 08h58

Paes e os Maias: Freud explica?

Eduardo Paes, quem diria, pode voltar aos braços de Cesar Maia. Depois de ser lançado na política por Maia –por quem era tratado como filho, para ciúme do filho verdadeiro, Rodrigo–, rompeu com o criador, passou pelo PSDB e, depois de pedir desculpas a Lula e Marisa pela atuação decisiva na CPI dos Correios, acabou no MDB de Sérgio Cabral.

Se voltar mesmo ao clã dos Maias, depois de praticamente acertar sua filiação ao PP, Paes tentará se desvincular do passado recente –e das inúmeras fotos e vídeos– com a turma do MDB do Rio, em sua maioria presa, e de amigão de Lula, como ficou evidente no áudio do grampo de Maricá. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO