28.09.2018 | 14h49

Os ‘mitos’ de Bolsonaro

“Apoiar um candidato autoritário é um jogo perigoso que raramente termina bem. O cientista político Milan Svolik demonstrou que, sob condições de polarização como as que prevalecem hoje no Brasil, as pessoas desprezam seus rivais ideológicos a tal ponto que se dispõem a tolerar autoritarismo, do lado delas”, escreveu Steven Levitsky na Folha. O autor elenca e contesta três mitos de por que Bolsonaro não seria um presidente “tão ruim”.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

Jair Bolsonaropresidência
VOLTAR PARA O ESTADÃO