20.05.2018 | 10h54

Os intelectuais e o projeto de poder do PT

Em artigo publicado na revista Época, o jornalista Helio Gurovitz, também colunista do Estadão, diz que, em vez de cumprir o dever de entender as condições políticas e econômicas que levaram o projeto petista ao naufrágio, os intelectuais ligados ao PT preocupam-se com o dever político: condenar a prisão de Lula e o impeachment de Dilma sob a pecha de “golpe”, para manter vivo o projeto de poder.

Segundo Gurovitz, a narrativa do “golpe de 2016” se espalha por cursos universitários, livros, documentários e artigos na imprensa. Para ele, exemplos típicos são o livro A radiografia do golpe,do sociólogo Jessé Souza, presidente do Ipea no governo Dilma, e o filme O processo, da cineasta Maria Augusta Ramos, sobre o impeachment.


VOLTAR PARA O ESTADÃO