03.08.2018 | 19h36

Os incentivos fiscais na mira de Maia (2)

Nos seus recados, Rodrigo Maia também prega que os partidos de seu grupo político (o chamado Centrão) invistam para fazer o maior número possível de deputados e senadores. Assim, manterão influência no Congresso para começar a mudar a maneira como se monta o orçamento do País.

“Não basta elegermos o presidente do Brasil. Precisamos eleger bancadas fortes na Câmara e no Senado. Porque ao longo dos últimos anos, o orçamento público brasileiro foi capturado pelas corporações públicas e privadas. Aliás, se fala tanto em desigualdade no Brasil, se fala tanto em preocupação com os mais pobres, e quando você abre o orçamento do Brasil ele é uma peça de benefícios para poucos”, avaliou. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Rodrigo Maia
VOLTAR PARA O ESTADÃO