29.04.2018 | 13h36

Os fardos da chapa Anastalckmin

Os nomes de Geraldo Alckmin e Antonio Anastasia não favorecem uma junção tão sonora como Lulécio ou Dilmasia, alguns “híbridos” de campanhas recentes em Minas. Mas o presidenciável do PSDB cumpriu sua primeira agenda ao lado do candidato do partido em Minas neste fim de semana.

Ambos têm fardos pesados a carregar no segundo maior colégio eleitoral do País: Aécio Neves, réu na Lava Jato, ainda hesita em dizer publicamente que não será candidato à reeleição, como querem Alckmin e Anastasia. Além disso, Eduardo Azeredo, também ex-governador e ex-presidente do PSDB, deve ser preso em breve. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO