09.09.2018 | 08h01

Os efeitos da ‘marolinha’ 10 anos depois

Chamada de “marolinha” por Lula na época, a crise financeira global, que completa dez anos, ainda se faz sentir no Brasil. Segundo o Estadão, a insistência na fórmula de crescimento com aumento dos gastos públicos, adotada em 2008 e 2009, jogou o País numa crise da qual só deve se livrar totalmente em 2023, se o novo governo mantiver o combate ao déficit público. Hoje, enquanto o mundo surfa numa onda positiva, a Brasil ainda chafurda para voltar a crescer com com consistência. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO