28.09.2018 | 09h24

Os ‘bugs’ brasileiros

A história brasileira mostra padrões culturais e sociais que se repetem de acordo com determinados ciclos, como “bugs” de computador. A comparação foi feita por Pedro Doria, colunista do Estadão e do Globo, em texto para o jornal fluminense. Ele inclui na categoria de bugs histórico-culturais fenômenos como o nacional-desenvolvimentismo, o “sebastianismo” –apelo a um líder carismático que vai salvar o País– e a crença de que, quando há uma crise, os militares são os mais talhados para resolvê-la. “A história não acaba, segue. Ela se repete. E nunca dá certo. Nesta eleição, todos os bugs bateram ao mesmo tempo. Deve ser um recorde”, escreve.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO