07.08.2018 | 14h54

Os ‘arranca-rabos da democracia’

Dias Toffoli deve assumir a presidência do STF em setembro e defendeu a corte em palestra para estudantes. “Muitas vezes as pessoas não entendem por que no Supremo se debate, se discute, às vezes até tem alguns arranca-rabos, mas isso é da essência da democracia, a pluralidade, a diversidade”, disse, segundo O Globo.

Já o G1 destacou a fala do ministro sobre a necessidade de se ‘conter’ as maiorias. “Compete muitas vezes ao poder Judiciário o difícil papel de restringir a vontade popular, em nome da proteção dos direitos fundamentais, evitando assim o esmagamento de minorias”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO