12.08.2018 | 12h34

Os acenos de Haddad ao PSDB

Fernando Haddad, na condição de candidato de fato do PT à Presidência, tem feito reiterados acenos ao PSDB. A estratégia parte do cálculo petista de que existe a possibilidade de o ex-prefeito ir ao segundo turno contra Jair Bolsonaro, o que leva o partido a buscar um eleitorado tucano de centro-esquerda.

O primeiro aceno foi na sabatina do BTG Pactual com os candidatos, na qual além de salientar que não conhecia nada que desabonasse Geraldo Alckmin, ele lembrou que Marta Suplicy apoiou Mario Covas em 1998. As mesmas ressalvas à honestidade de Alckmin foram feitas por ele na entrevista ao Globo neste domingo. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO