20.11.2018 | 09h45

Oposição de olho na Petrobras

Apesar do discurso oficial de que não vai privatizar a Petrobras, a indicação de Roberto Castello Branco para comandar a estatal provocou alerta nos partidos de oposição. Em passado recente, o economista defendeu a venda da estatal e parlamentares de PT, Psol e PCdoB, especialmente, já montam estratégia para impedir a preparação de uma eventual venda.

A tendência é que os parlamentares de esquerda iniciem uma forte campanha dentro e fora do Congresso para mobilizar a opinião pública contra a possibilidade de venda não apenas da Petrobras mas também de outras empresas estatais estratégicas do governo durante a gestão de Jair Bolsonaro. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

PetrobrasRoberto Castello Branco
VOLTAR PARA O ESTADÃO