05.02.2019 | 15h42

Oposição com a barba de molho

Parlamentares da oposição admitem que ficaram surpresos com o conteúdo da primeira minuta da proposta de reforma da Previdência que deve ser apresentada pelo governo. A avaliação geral é que o governo de Jair Bolsonaro vai colocar na mesa um projeto bem mais duro do que foi apresentado na gestão de Michel Temer. Existe também a avaliação que, se depender da equipe econômica, a margem de negociação com o Congresso também será menor dessa vez.

Os partidos de esquerda querem definir uma estratégia comum de ação para conseguir, pelo menos, atenuar alguns itens que consideram muito negativos, como a igualdade de idade mínima para a aposentadoria de homens e mulheres e a baixa remuneração para pessoas em condições de vulnerabilidade. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Esquerdareforma da previdência
VOLTAR PARA O ESTADÃO