17.08.2018 | 12h43

Opinião do Estadão: Desperdício do fator humano

“O maior desperdício cometido no Brasil é também o mais cruel. É a subutilização de 27,64 milhões de pessoas, ou 24,60% da força de trabalho, um enorme recurso produtivo em parte paralisado e em parte utilizado muito abaixo de seu potencial. A noção de capacidade ociosa é quase sempre associada, quando se analisam as condições da economia, a máquinas e equipamentos parados nas fábricas, nas fazendas e em outras unidades de produção.”

Trecho de editorial do Estadão desta sexta-feira, 17.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO