26.07.2018 | 13h05

Opinião do Estadão: Ardil contra os contribuintes

“Os efeitos perniciosos do pendor para o protagonismo que tem marcado a atuação de alguns ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) vão além do desgaste institucional da Corte e do Poder Judiciário. Isto já seria grave o bastante para suscitar um exame de consciência nos magistrados pouco afeitos às decisões colegiadas, mas para tristeza dos contribuintes o misto de alheamento e irresponsabilidade de parte deles ainda gera gastos bilionários para o Tesouro.”

Trecho de editorial do Estadão desta quinta-feira, 26.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO