07.09.2018 | 15h37

ONU condena ataque a Bolsonaro

Uma segunda integrante do Alto Comissariado para Direitos Humanos da ONU se manifestou contra o ataque a Jair Bolsonaro. “Confiamos nas autoridades brasileiras para uma pronta investigação e punição dos responsáveis”, declarou a representante regional para América do Sul, Birgit Gerstenberg, informa Jamil Chade, do Estadão.

“O processo eleitoral precisa garantir o direito à participação nos assuntos públicos, incluindo o direito à vida e à integridade física, bem como às liberdades de expressão, reunião e associação”, acrescentou Birgit. O deputado disse recentemente que a ONU “não serve para nada”.


Mais conteúdo sobre:

Jair BolsonaroONU
VOLTAR PARA O ESTADÃO