18.02.2019 | 16h26

Olímpio quer permanência de Bebianno

Enquanto comenta-se que os filhos do presidente planejam deixar o PSL para fundar a “nova UDN”, o senador Major Olímpio finca sua bandeira na “oposição”. O presidente estadual do PSL em São Paulo voltou a reforçar o time dos que querem a permanência de Gustavo Bebianno no cargo de ministro nesta tarde de segunda, 18. Time, aliás, que já conta com as vozes de “aliados” da aprovação da reforma da Previdência, como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, além de parte da ala militar do governo.

“Estamos enxergando o óbvio neste momento. Pelo episódio em que foram colocadas eventuais prestações de contas e licitações de recursos em Pernambuco, a demissão do Bebianno seria uma coisa absolutamente injusta”, disse o senador a jornalistas após almoço na Fiesp. Já os filhos de Bolsonaro, Olímpio quer que fiquem no lugar deles. ” Papel de filho é ser carinhoso em todas as circunstâncias. É preciso fazer uma modulação para não haver equívoco em relação a esses papéis”, disse.


VOLTAR PARA O ESTADÃO