23.11.2018 | 15h08

Olavo critica projeto da Escola sem Partido

O filósofo indicou o futuro ministro da Educação à equipe do novo governo, mas não concorda com a principal plataforma defendida pelo presidente eleito para a área: o programa Escola sem Partido.

“À medida que o movimento evolui na direção de um projeto de lei, a coisa se complica, porque o projeto de lei é prematuro, pelo fato de que não existe documentação científica a respeito do problema. Você não pode começar um debate legislativo sem ter o debate científico primeiro. Acho que colocaram a carroça na frente dos bois. Nós não temos uma visão quantitativa da hegemonia comunista no ensino, e ainda estamos na esfera do argumento retórico”, afirmou Olavo de Carvalho ao jornal O Globo.


VOLTAR PARA O ESTADÃO