06.07.2018 | 06h28

OAS pode ter de devolver R$ 33 mi do Rodoanel

O TCU recomendou que a OAS, uma das principais empreiteiras investigadas na Lava Jato, devolva R$ 33 milhões que teriam sido objeto de superfaturamento nas obras do trecho Norte do Rodoanel, uma das principais vitrines dos governos do PSDB em São Paulo. A devolução foi apontada por auditores do órgão como medida alternativa à suspensão de pagamentos à empreiteira recomendada pelos ministros, informa o Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO